5 bons motivos para você conhecer a Sérvia e Montenegro

terterte-15

Tenho uma atração fatal por roteiros e destinos pouco ou nada turísticos.  Sabe aquela pessoa do contra? Eu mesma!

Foi durante as visitas técnicas dos eventos científicos que participei na minha vida profissional, que cheguei a lugares onde jamais avistaria um ônibus da CVC ou alguma Tia Cida com uma bandeirinha identificadora da tribo. Sentia-me completamente realizada…

E foi nesse embalo que um dia, surfando pela internet, encontrei “Balcãs Symposium on Growing Fruits” Ôba!Um evento sobre frutas (sou agronôma) nos Bálcãs, mais precisamente em Belgrado, na Sérvia.  É prá lá que vou…mas onde é mesmo que fica isso?

“Os Bálcãs ou Península Balcânica é uma região do sudeste da Europa que engloba vários países, dentros os quais,  estão aqueles que faziam parte da antiga Iugoslávia. O termo deriva da palavra turca para montanha e faz referência à Cordilheira dos Balcãs, que se estende do leste da Sérvia até ao mar Negro.” Obrigada Wikipédia!

Bom, depois de descobrir onde ficava a Sérvia e olhar aquele mapa recheado de países que adoraria conhecer, pensei o que aposto que 10 em 10 pessoas pensaria… ”Caramba, já que vou tão longe, porque não aproveitar e dar uma esticadinha para…”. Para onde?

Essa dúvida foi rapidamente solucionada de uma maneira bem prática: custo da passagem.

Na ocasião, entrando por Belgrado, na Sérvia, e saindo por Podgorica, capital de Montenegro, tinha a melhor relação custo-benefício. Daí foi se virar nos trinta para montar um roteiro de 15 dias. Sim, o meu limite de tempo é esse. Foi determinado por eu mesma já que sou casada, tenho três filhos e ainda me resta certo bom senso.

Pesquisei muito na internet, “conversei” com anfitriões do Airbnb, li livros sobre a história da Iugoslávia, fiz o meu roteiro e fui. Simples, né?

E vou te dizer uma coisa, adorei!

Mas quais são as 5 grandes razões para conhecer a Sérvia e Montenegro?

1.O custo de hospedagem, alimentação e transporte é bem em conta, ou seja, você passa bem, sem gastar aquela exuberância de outros países mais turísticos da Europa.

2.O povo é muito hospitaleiro e solícito, contrabalanceando as dificuldades com o idioma. Mesmo assim, sempre aparece alguém que fala pelo menos o inglês,  perguntando se você está precisando de alguma coisa ou para onde você quer ir.

3.Os mosteiros e igrejas ortodoxas da Sérvia são lindos e os  Parques Nacionais de Montenegro são um prato cheio para quem gosta de hiking e natureza.

4.Apesar de um histórico de guerra, em nenhum momento me senti insegura com relação à segurança. Quando chego à lugares assim sempre pergunto sobre violência, roubos, assaltos.  Andei à noite em lugares escuros, com poucas pessoas sem nenhum problema.

5.A Baia de kotor é deslumbrante e  se quiser ter um gostinho da Croácia, é só fazer um bate-volta para Dubrovinick, conhecida como a Peróla do Adriático, eu fiz e recomendo.

DSCN4054Topola
Igreja Ortodoxa de São Jorge em Topola

Se ainda precisar de mais motivos para conhecer esses países, me fala que eu te digo!

Fernanda Moretzsohn

Olá, eu sou a Fernanda. Mãe de três. Casada. Viciada em leitura e café. Apaixonada por aventuras e natureza. Adoro malhar e sentar no chão. Detesto água fria, shoppings e fazer compras. Acho que temos o suficiente e que perdemos muito do nosso precioso tempo de vida com compromissos desnecessários e preocupações fúteis. Sou consumista, de viagens. Quando aparece uma chance faço uma malinha enxuta e embarco! No avião, trem, carro ou canoa, tanto faz. Melhor ainda se for a pé. Adoro compartilhar o que tem nesse nosso mundão com você. Me acompanha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *