Eu realmente preciso disso?

feira-tristan-navaja-montevideu

Passei o ano passado todo, controlando a entrada de qualquer coisa no meu guarda-roupa. O meu “saldo final” foi fantástico. Entraram  uma blusinha e uma camiseta, sendo que essa última foi recordação da última viagem que fiz, mais nada, nadinha. Juro.

O meu objetivo é, ao longo dos próximos anos, ir enxugando cada vez mais, até chegar no que chamaria de um armário essencialista, pelo menos prá mim, certo?

Isso porque essa questão é muito subjetiva, cada um tem um estilo próprio, por isso que prefiro o termo essencialismo ao minimalismo. Afinal de contas, o que é importante, essencial para mim, pode não ser para VOCÊ!

Mas uma coisa é fato: tudo que você possui, possui você, pois temos que cuidar, conservar e consertar as coisas que adquirimos o que demanda nosso tempo, dinheiro e energia  que poderiam ser utilizados em outras coisas, inclusive viagens, né? A equação é simples:

Menos coisas= mais tempo+energia+dinheiro = mais viagens, mais momentos bons!

Além de desafogar seu guarda-roupas, você também alimenta sua alma, doando o que não usa para quem precisa.

E aqui vai uma dica legal, para ajudar você a eliminar aquilo que não está usando e que, portanto, não vai lhe fazer nenhuma falta, mas que pode ser muito útil para alguém.

Coloque todas as roupas que puder em cabides voltados para a mesma direção. Quando retirar alguma roupa para usá-la e retornar ao armário, troque a direção do cabide. Você irá perceber que tem muita roupa que permanece com os cabides intactos, sempre naquela mesma direção inicial. São essas as peças que você deve se desapegar. Lembre-se, o que está parado no seu armário pode estar fazendo muita falta para alguém!

Confesso que, na verdade, nunca usei dessa técnica, simplesmente evito entradas e aumento o fluxo das saídas, retirando alguma coisa sempre que surge uma oportunidade.E esse esvaziando está fazendo um bem danado prá mim. Lembre-se sempre:

“Acumule experiências, não coisas”

Pois vamos levar dessa vida, somente a vida que levamos.

Ah! Melhor ainda é a dupla pouco+organizado.

E voltando ao nosso armário basiquinho.  O que acha dessa ideia?

 

Fernanda Moretzsohn

Olá, eu sou a Fê. Mãe, esposa e pesquisadora. Atrapalhada por natureza, não dou conta de dois do mesmo. Felizmente pouco me basta, exceto viajar. Sou viciada em café e consumista de viagens. Quando aparece uma chance faço uma malinha enxuta e embarco! No avião, trem, carro ou canoa, tanto faz. Melhor ainda se for a pé. Caminhar, ler, malhar e meditar são as minhas terapias. Adoro compartilhar o que tem nesse nosso mundão. Me acompanha?

10 comentários sobre “Eu realmente preciso disso?

  • Tina Zani 25 de março de 2016 at 17:28 Reply

    Adoro essa ideia de tonar tudo mais simples e fácil. Também estou nesse movimento de não comprar (atualmente, muito mais por precisar economizar grana) e, de vez em quando, deixar sair. Afinal, ‘tudo que você possui, possui você’ como você bem disse 🙂

    • Fernanda Moretzsohn 25 de março de 2016 at 19:47 Reply

      Querida amiga, essa crise toda tem esse lado positivo, nos faz repensar, refletir. Sou muito distraída, já perdi muita coisa e sofria muito com isso, atualmente resolvi o problema evitando ter a coisa. Gostou da criatividade?

  • Anônimo 25 de março de 2016 at 19:20 Reply

    Adorei a ideia! Vou fazer!!!!

    • Fernanda Moretzsohn 25 de março de 2016 at 19:42 Reply

      Isso mesmo! Obrigada pelo comentário! Os primeiros a gente nunca esquece. bj

  • Sônia Rocha Barbosa 25 de março de 2016 at 21:21 Reply

    Oi, Fernanda parabéns.
    Também estou nessa desapego faz muito bem, na próxima trip uma mala e faço questão de postar por aqui. Sucesso
    bj
    Sônia

    • Fernanda Moretzsohn 25 de março de 2016 at 21:31 Reply

      Isso mesmo Sônia! Obrigada. Tô esperando seu blog, hein? bjão

  • Silvia Germer 25 de março de 2016 at 22:07 Reply

    Fernanda, eu chego lá! Concordo plenamente com você! Já de muito tempo tomo cuidado de dar o que não uso. Quando compro algumas coisas, já separo a mesma quantidade para doação. Mas preciso comprar menos!
    Parabéns pelo texto

    • Fernanda Moretzsohn 26 de março de 2016 at 19:52 Reply

      Obrigada, Sílvia. Precisamos simplificar tudo que está ao nosso alcance. Nosso tempo é precioso para ser desperdiçado. bjos!

  • Analice 25 de março de 2016 at 23:42 Reply

    Meu armário de roupas está bem enxuto. Engordei e me recuso a comprar um número maior, rs. Mas, gosto muito dessa máxima: Menos coisas= mais tempo+energia+dinheiro = mais viagens, mais momentos bons!

    • Fernanda Moretzsohn 26 de março de 2016 at 19:57 Reply

      Analice, essa equaçãozinha fui eu mesma que criei. Se engordou, espera um pouco, em breve retorna ao peso normal. O importante é não comprar nada por impulso, dar um tempo e pensar muito antes de adquirir qualquer coisa. Tenha uma ótima Páscoa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *