Sérvia, um destino que merece ser descoberto pelos brasileiros

topola-servia-caminho
No caminho para Igreja São Jorge ou Oplenac, em Topola.

A Sérvia, pouco lembrada como destino turístico, principalmente por nós brasileiros (não encontrei nenhum nessa viagem), é um país lindo e muito interessante.

Sua história é riquíssima, devido às muitas civilizações que por lá passaram e aos conflitos político-religiosos que originaram várias guerras e disputas na região.

Como li muitos livros sobre a história da ex-Iugoslávia, minha maior curiosidade era saber se as pessoas preferiam como era antes ou depois dos desmembramentos. Tanto lá, como em Montenegro, a resposta foi sempre a mesma “era muito melhor antes”.

E o General Tito? Lá ia eu perguntando para os locais, quando havia uma brecha. Todos respondiam que o adoravam.

Não sei se a resposta seria a mesma na Bósnia Herzegovina, por exemplo, onde ocorreram um dos maiores genocídios da humanidade depois da II Guerra Mundial. Tô doidinha para voltar para os Bálcãs e continuar a minha pesquisa de opinião (rs).

Na Sérvia, Belgrado é sinônimo de vida noturna

Belgrado, sua capital, é uma cidade alegre, com uma vida noturna bastante agitada. Adorei!

O povo é muito solícito e cordial, principalmente com os estrangeiros. Não foram poucas as pessoas que, espontaneamente, se ofereciam para me ajudar a localizar algum lugar ou esclarecer alguma dúvida.

Localizada na confluência dos rios Danúbio e Sava, a capital da ex-Iugoslávia é uma das mais antigas da Europa, você sabia disso? Eu não.

Belgrado-Danúbio-e-Sava
Rios Sava e Danúbio- vista da Fortaleza de Kalemegdan- Belgrado, Sérvia

Pelas ruas encontram-se muitos desses bares-restaurantes e bistrôs. Nessas fotos eles estão parcialmente vazios porque era de manhã, mas a noite ferve na capital da Sérvia que, aliás,  é considerada como tendo uma das melhores vida noturna da Europa.

Bar-aberto-Belgrado certo

A Fortaleza de Kalemegdan, que fica no maior parque da cidade é um  passeio imperdível. Quando estive por lá percebi a vibe do lugar mas pouco conhecia da sua história e o que ela representava para o país.  Quando resolvi escrever esse post e buscar maiores informações (adoro escarafunchar) tive a sorte de encontrar esse aqui do blog  PANGEA , que simplesmente amei. Dê uma olhada, vale a pena! Ah, se tivesse lido esse post antes, meus olhares teriam sido outros, mas não dá para dar conta de toda essa overinformation que temos atualmente, certo?

DSCN3987Parque-Kalemedgan
Parque Kalemedgan em Belgrado-Sérvia
DSCN4006Forrttaleza-Belgrado
Parte da Fortaleza de Kalemedgan, Belgrado-Sérvia

Não deixe de conhecer a  Casa do Parlamento, Nova Belgrado (New Belgrade), os Museus da História da Iugoslávia e o Tezla.

Parlamento-Sérvia
Casa do Parlamento-Belgrado, Sérvia
New Belgrade Sérvia prédios modernos
Nova Belgrado, o lado moderno da capital da Sérvia
Mausoleu-Tito
Mausoléu do General Tito

Se não for à Igreja Sava e ao bairro boêmio tradicional de Skardalija,  não conheceu Belgrado.

Skardalija-Bairro Boêmio de Belgrado, Sérvia
Skardalija-Bairro Boêmio de Belgrado, Sérvia
Sava-Church
Igreja de Sava, em Belgrado, Sérvia

Achei curioso o fato de manterem esses edifícios, parcialmente destruídos pela Guerra. Depois fiquei sabendo que foi proposital. Tipo uma lembrança do que a guerra faz. Na verdade, esse prédios eram militares e o bombardeio foi o que eles chamam de “cirúrgico”.

Prédio-Bombardeado-em-Belgrado
Prédio bombardeado em Belgrado, Sérvia

Novi Sad e Topola

Basta um único dia, um simples bate-volta de Belgrado, para conhecer Novi Sad, há apenas uma hora de trem, ao norte da capital da Sérvia.

Da estação de trem chega-se caminhando ao Centro Histórico. A Fortaleza Petrovaradin também fica perto.

NoviSAd
NoviSad, Sérvia

Petrovaradin

Para conhecer a floresta e os Mosteiros de Fruska Gora, chame um taxi. Não fica caro e vale muito a pena!

Staro-Hopovo

Outro passeio imperdível, na minha modesta opinião, é Oplenac em Topola. Só dá para ir lá de ônibus, na verdade uma Van.

Topola
Oplenac -Igreja e Mausóleu, em Topola, Sérvia.

 

Depois desse post, me conta aí , nos comentários, se você  incluiria a Sérvia no seu próximo destino. Isso se já não esteve por lá, né?

 

Fernanda Moretzsohn

Olá, eu sou a Fernanda. Mãe de três. Casada. Viciada em leitura e café. Apaixonada por aventuras e natureza. Adoro malhar e sentar no chão. Detesto água fria, shoppings e fazer compras. Acho que temos o suficiente e que perdemos muito do nosso precioso tempo de vida com compromissos desnecessários e preocupações fúteis. Sou consumista, de viagens. Quando aparece uma chance faço uma malinha enxuta e embarco! No avião, trem, carro ou canoa, tanto faz. Melhor ainda se for a pé. Adoro compartilhar o que tem nesse nosso mundão com você. Me acompanha?

2 comentários sobre “Sérvia, um destino que merece ser descoberto pelos brasileiros

  • Shirley Lopes 6 de junho de 2016 at 01:09 Reply

    Olá! Eu adoraria conhecer com certeza. Está na minha lista conhecer o Leste Europeu. Mas não a parte que geralmente os brasileiros vão, pois já fui na Rep.Checa, Hungria, Eslováquia, Eslovênia e Croácia. Sou doida pra ir na Bósnia, Sérvia… mas confesso que tenho um pouco de receio. Não sei como é lá, pois é pouco divulgado aqui. Enfim… um dia hei de criar coragem pra ir. Adorei a sua postagem!!! Bjos

    • Fernanda Moretzsohn 6 de junho de 2016 at 18:11 Reply

      É muito tranquilo Shirley, pelo menos a Sérvia e Montenegro. Sou doida para conhecer a Bósnia, fiquei muito curiosa porque acho que a opinião lá, sobre o Coronel Tito, será outra, enfim só indo para saber. Adoro puxar papo com o povo e saber essas coisas. Sei que a influência turca é muito grande naquele país da ex-Iugoslávia, devido aos turcos Otomanos que passaram por lá. Em relação ao seu receio, acho que se enturmando nos tours locais não tem problema. Conheci tbém Praga e cruzei a Hungria, Romênia e Eslováquia de bus, foi durante um Congresso que participei. Amei! Vamos trocando ideias por aqui. Bjão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *