Inspire-se: as minhas quinze melhores experiências em Porto.

Porto, segunda maior cidade de Portugal, é belíssima. Merece um livro. Qualquer relato seria superficial e raso. Como imagens falam mais que mil palavras, fiz um resumão selecionando aquelas das melhores experiências que tive por lá. Espero que você se inspire!

#1. Livraria Lello: sentar na poltroninha e folhear um livro.

Torça para não pegar filas, tanto para comprar o ingresso, como para entrar . Fui lá duas vezes. Na primeira deu sorte. Era um final de tarde e entrei direto. Na segunda, em torno do meio-dia, estava lotada. A arquitetura e decoração do interior compensam o esforço!  

Livraria Lello e seus detalhes de arquitetura e decoração

 #2.  Jardins do Palácio de Cristal

O Palácio de Cristal está fechado, mas observar os românticos casais e curtir as maravilhosas vistas valem a visita. É um lugar calmo, de reflexão e belas vistas da cidade.

Romantismo nos Jardins do Palácio de Cristal
Vista dos Jardins do Palácio de Crista
Vista do Douro e Jardins do Palácio de Cristal

#3. Tomar um café (caríssimo) no suntuoso, elegante e famoso Café Majestic.

A Colombo de Porto é um luxo só. Situado na Rua Santa Catarina, faz parte da história da cidade. Célebres intelectuais já saborearam café nas suas lindas chávenas.

Café Majestic
Menu do Café Majestic

#4. Passeio de barco pelo Rio Douro

Os terraços cobertos por parreiras nas colinas são uma constante nesse passeio que sai de Porto. O engenhoso sistemas de eclusas ( são três), permitiram a navegação nesse trecho do Douro. Ao final, os charmosos painéis de azulejos da Estação de Trem de Pinhão.

Paisagens durante o passeio de barco pelo Rio Douro
Paisagens e eclusa durante o passeio de barco pelo Rio Douro

 

Painéis de Azulejos da Estação de Trem de Pinhão

#5. Parque da Cidade

Para os amantes da natureza, o Hide Park de Porto é o local ideal para uma caminhada pela manhã.  O Parque da Cidade é o maior parque urbano de Portugal, com uma área de 83 hectares e cerca de 10 km de caminhos.  O paisagismo é de autoria do arquiteto Sidónio Pardal.

Parque da Cidade em Porto
Parque da Cidade em Porto

#6.  Mercearia “Pérola do Bolhão

A originalidade da sua fachada  chama a atenção de quem passa na sua frente. Fundada em 1917, pelo pai de António Reis, atual dono da loja (fica no caixa),  é uma das mais famosas casas de comércio tradicional da cidade. Dificilmente você irá sair sem levar pelo menos uma porção de frutas desidratas!

Fachada bizarra da Pérola do Bolhão
Seu Antonio Reis, proprietário da mercearia.

#7.  Estação de Trem São Bento

A estação central de trem foi inaugurada em 1916, no local de um antigo convento. Os belíssimos painéis de azulejos são de autoria de autoria de Jorge Colaço  e  retratam os transportes do passado, festas rurais e cenas históricas.

Painéis de azulejos da Estação de Trem São Bento, em Porto
Painéis de azulejos da Estação de Trem São Bento, em Porto

#8. Igreja dos Clérigos e as vistas da sua Torre.

Construída no século XVIII, entre 1732 e 1749, a Igreja dos Clérigos faz parte da obra mais emblemática do arquiteto Nicolau Nasoni (1691-1733) que soube como ninguém, conjugar o granito, mármore e a talha dourada. Da Torre tem-se belas vistas da cidade.

Torre e Igreja dos Clérigos

Altar e detalhe do interior da Igreja dos Clérigos
Vista da Torre dos Clérigos

#9. A Ribeira

Sempre alegre e agitada é um lugar imperdível na cidade. As simpáticas estátuas humanas animam os transeuntes. Se preferir, é só sentar é ficar admirando o Douro e a imensidão de turistas que toma conta da paisagem.

 

 

Ribeira, no Porto

#10. A  Catedral /Sé do Porto, Museu e Pelourinho.

Construída na parte mais alta da cidade, da ampla praça da catedral, tem-se uma vista maravilhosa da cidade.

Museu, Pelourinho, Claustro e Sé (fachada e altar) em Porto.
Vista da Ponte Luis I da Praça da Catedral da Sé.

#11. As catacumbas da Igreja de São Francisco e seu rico interior.

Ouro reluz por todos os cantos e fendas, do rico inteior dessa são mais de 200kg que  recobrem o altar, colunas e pilares no  interior dessa igreja do século XVIII.

Igreja de São Francisco e suas catacumbas

#12. Igreja de Ildeafonso

Como ficamos hospedados próximos à Praça da Batalha, quase todos os dias passávamos  em frente dessa encantadora igreja. Os painéis de azulejo são de autoria de João Golaço, o mesmo da Estação de Trem São Bento. O céu azul foi uma constante durante  quase toda nossa estadia em Porto.

Igreja de Ildeafonso

#13. Praça da Liberdade

A estátua do D. Pedro IV (de Portugal) , nosso D. Pedro I,  ocupa lugar de destaque nessa maravilhosa praça. A arquitetura dos prédios do entorno são de cair o queixo!

Praça da Liberdade em Porto

#14. A simpatia e hospitalidade dos Portuenses.

Os portuenses são super receptivos e hospitaleiros.

Amigos em Porto

#15. Os divertidos escritos do comércio

Por todos os cantos lemos dizeres engraçados, como esse aí, da foto.

 

Espero que tenha gostado.

Não se esqueça de me fazer companhia, curtindo a fanpage www.facebook.com/malaenxuta.

Veja também os 9 conselhos que eu daria para quem está indo para Portugal, basta clicar aqui.

um forte abraço!

 

Fernanda

Fernanda Moretzsohn

Olá, eu sou a Fê. Mãe, esposa e pesquisadora. Atrapalhada por natureza, não dou conta de dois do mesmo. Felizmente pouco me basta, exceto viajar. Sou viciada em café e consumista de viagens. Quando aparece uma chance faço uma malinha enxuta e embarco! No avião, trem, carro ou canoa, tanto faz. Melhor ainda se for a pé. Caminhar, ler, malhar e meditar são as minhas terapias. Adoro compartilhar o que tem nesse nosso mundão. Me acompanha?

2 comentários sobre “Inspire-se: as minhas quinze melhores experiências em Porto.

  • Iná 19 de janeiro de 2017 at 19:54 Reply

    Excelente, Fê!! Td arquivado com carinho!
    Bjs

    • Fernanda Moretzsohn 19 de janeiro de 2017 at 19:58 Reply

      Feliz que esteja aproveitando, Iná! Beijão para vc, minha querida 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *